PORTUGUESE - Rede de Conhecimentos Enfermagem (1).pdf (557.79 kB)
Download file

Levantamento de recursos para a criação de uma Rede de Conhecimentos em Enfermagem - Relatório-Síntese

Download (557.79 kB)
report
posted on 30.05.2022, 20:38 by ● Margareth Santos Zanchetta, Marcelo Medeiros, Denize Bouttelet Munari, Marcia Teles de Oliveira Gouveia, ● Daniel Gonzalo Eslava Albarracin, Carlos Aguilera-Serrano, Walterlânia Silva Santos, Kateryna Metersky, Suzanne FredericksSuzanne Fredericks, ● Edwaldo Costa, ● Sally Zhang

  

O crescente movimento global de internacionalização nas universidades estimulou a ideia de constituir a Rede de Conhecimento de Enfermagem (RCE) como um trabalho coletivo e inovador. O interesse primário deste trabalho são todas as formas de conhecimento na Enfermagem, tendo em vista que a colaboração internacional tem se tornado cada vez mais importante para a formação de uma comunidade global e solidária no compartilhamento de conhecimento (Beaver, 2001; Gheno et al., 2020). A internacionalização da ciência e da tecnologia é considerada uma condição essencial para o desenvolvimento da prática científica e, também, um meio para melhorar a qualidade da produção do conhecimento na formação de recursos humanos, na circulação da informação e na projeção dos resultados de pesquisas (Red Iberoamericana de Indicadores de Ciência y Tecnología, 2007). Deve-se destacar que o capital intelectual, que é o bem mais precioso das instituições, demanda esforços institucionais e pessoais, assim como tempo para atingir a maturidade.


Este relatório apresenta uma síntese dos resultados de uma análise preliminar do capital intelectual das universidades, de seus recursos técnicos e financeiros, bem como da infraestrutura existente para a participação das universidades colaboradoras no processo de organização, estruturação e futura operacionalização da RCE. Ressalte-se que os recursos relatados neste trabalho representam a perspectiva do docente que respondeu ao questionário. Nesse sentido, essas respostas podem não representar uma resposta institucional oficial nem os recursos existentes em sua totalidade, tampouco caracterizar o pensamento coletivo de seus educadores e pesquisadores.


Foram enviadas 60 cartas-convite, das quais 42 foram aceitas, indicando uma taxa de participação de 70% no levantamento realizado. Questionários foram criados em inglês, espanhol, francês e português e compartilhados online. As informações coletadas sugerem que há um forte desejo e ampla necessidade de colaboração contínua em pesquisas entre as comunidades científicas internacionais que possam ajudar a superar as barreiras linguísticas e as limitações impostas por restrições financeiras. Além disso, políticas, promoção e desenvolvimento, assim como avanços no desenho e na disseminação de pesquisas foram considerados necessários para fortalecer a pesquisa em Enfermagem. Com base nessas informações, podem ocorrer futuras trocas de conhecimentos, por meios assíncronos, sem a necessidade de participação simultânea no processo de ensino-aprendizagem. Isso permitirá a colaboração entre membros localizados em países de baixa, média e alta renda. Essas informações de base sugerem a possibilidade de troca de conhecimentos, de aprendizado de novas alternativas para técnicas colaborativas de resolução de problemas e a produção de muitas formas de conhecimento enraizadas nas realidades culturais e socioeconômicas locais.

Funding

Nenhum

History

Language

Portuguese